quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Igreja: Secretário de Estado do Vaticano em Fátima na reta final da preparação para o centenário das aparições

D. Pietro Parolin vai presidir à peregrinação internacional de 13 de outubro

Fátima, 12 out 2016 (Ecclesia) – O secretário de Estado do Vaticano vai estar em Fátima hoje e esta quinta-feira para presidir à peregrinação internacional aniversária de outubro, na reta final da preparação para a celebração do centenário das aparições, em 2017.

“Imagino que devem ter pensado que, por ocasião do 99º aniversário das aparições, ter a presença do colaborador direto do Papa Francisco poderá ser uma boa preparação para o centenário que será no próximo ano”, salienta D. Pietro Parolin, em entrevista divulgada pela sala de imprensa do Santuário de Fátima.

A peregrinação internacional de outubro assinala a sexta aparição de Nossa Senhora na Cova da Iria e este ano tem como tema “Quem perder a sua vida… salvá-la-á”.

O início oficial da peregrinação está marcado para as 18h30 com a saudação a Nossa Senhora na Capelinha das Aparições.

Às 21h30 começa o Rosário, também Capelinha das Aparições, a procissão das velas e a Eucaristia, uma hora depois, no Recinto de Oração do santuário mariano.

Esta será a primeira vez que o atual chefe da diplomacia do Vaticano estará na Cova da Iria e o cardeal italiano mostra-se “contente e agradecido pelo convite, sublinhando que essa visita terá muito mais do que um cariz institucional.

“Estou a preparar-me refletindo sobre o significado de Fátima e sobretudo deixando-me envolver, porque não serei só uma presença institucional mas sobretudo um filho que visita a sua Mãe”, realça D. Pietro Parolin.

De recordar que o convite para a vinda do secretário de Estado da Santa Sé a Fátima foi feito em setembro de 2015, durante a visita ‘ad limina’ dos bispos portugueses a Roma.

“Tínhamos feito o convite e ele ter-se-á aconselhado com o Papa, que lhe terá dito: ‘vais abrir o caminho, vai como precursor’”, adiantou na altura D. António Marto, o bispo de Leiria-Fátima, em declarações à Agência ECCLESIA.

Na mesma ocasião, o bispo português revelou alguns pormenores da conversa mantida com o número dois da hierarquia católica e representante do Papa Francisco.

“Ele disse-me: ‘vou de certo modo egoisticamente, porque é a primeira vez que vou a Fátima. Nunca lá estive e tenho desejo profundo de conhecer’”, referiu D. António Marto.

D. Pietro Parolin acrescenta agora que esta será também uma ocasião para “buscar força e empenho para o serviço à Igreja Católica e ao Papa”.

A peregrinação internacional do 13 de maio de 2017 vai contar com a presença do Papa Francisco, que confirmou a sua vinda a Portugal para ir a Fátima no centenário das aparições.

JCP/OC



in



Sem comentários:

Enviar um comentário