quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Ecumenismo: 500 anos depois da reforma de Lutero, Papa vai à Suécia apontar ao futuro

Visita de dois dias assinala 50 anos de diálogo católico-luterano

Cidade do Vaticano, 26 out 2016 (Ecclesia) - A Santa Sé apresentou hoje aos jornalistas o programa da viagem do Papa à Suécia, de 31 de outubro a 1 de novembro, um evento “inédito” por juntar católicos e luteranos nos 500 anos da reforma de Lutero.

O porta-voz do Vaticano, Greg Burke, disse em conferência de imprensa que o objetivo da visita de Francisco a Malmo e Lund é sublinhar o percurso de católicos e luteranos no diálogo ecuménico, em particular nos últimos 50 anos.
O Papa foi convidado pela Igreja Católica na Suécia, pelo governo local e pela Federação Luterana Mundial, numa viagem que tem como tema ‘Do conflito à comunhão: unidos na esperança’.

Francisco vai chegar a Malmo pelas 11h00 (menos uma em Lisboa) da próxima segunda-feira, sendo recebido pelo primeiro-ministro sueco antes da visita à família real, no palácio de Lund.

O programa do primeiro dia na Suécia completa-se com uma oração na Catedral Luterana de Lund e um encontro ecuménico na Arena Malmo, perante 30 delegações luteranas.

Francisco vai ser acompanhado neste encontro pelo cardeal Kurt Kock, presidente do Conselho Pontifício para a Unidade dos Cristãos (Santa Sé), pelo presidente da Federação Luterana Mundial, Munib A. Younan, e o secretário-geral deste organismo, Martin Junge.

A 13 de outubro, ao receber no Vaticano cerca de mil participantes numa peregrinação ecuménica de luteranos, o Papa disse que o objetivo da viagem à Suécia é “fazer memória, depois de cinco séculos, do início da reforma de Lutero” e agradecer pelos “50 anos de diálogo oficial” entre a Igreja Católica e a Luterana.

“Parte essencial desta comemoração será dirigirmos o nosso olhar para o futuro, em vista de um testemunho cristão comum para o mundo de hoje”, precisou.
A viagem conclui-se no dia em que a Igreja Católica celebra a solenidade de Todos os Santos, com a Missa presidida pelo Papa no Swedbank Stadion, em Malmo.

OC


in



Sem comentários:

Enviar um comentário