segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja - DIA 18

dbci16 banner


dnbci16 horta igconceio
O NOSSO MAIOR PATRIMÓNIO SÃO OS POBRES - EXPOSIÇÃO
AÇORES, Horta, Igreja da Conceição (Faial, Açores)
A partir de 18 de Outubro (até ao encerramento do ano Jubilar da Misericórdia)

A ideia original consiste em eleger uma fotografia que tenha sido publicada num órgão de comunicação social sobre uma das «muitas pobrezas atuais, da emigração à guerra, da iliteracia ao abandono das pessoas» e relacionar essa foto com uma das 14 obras de misericórdia. Feita a catequese, associam-se essas duas realidades a uma obra de arte sacra de cada uma das 13 paróquias da ouvidoria.



 dnbci16
acores museupico
UM OBJETO E SEUS DISCURSOS: CRUCIFICAÇÃO DE CRISTO, COM AS INSÍGNIAS DA PAIXÃO E MORTE DO SENHOR, DE JOÃO FLORES - PEÇA EM DESTAQUE
AÇORES, Lajes do Pico, Museu dos Baleeiros (Recepção)
A partir do dia 18 de Outubro, de terça-feira a domingo, das 9h30 às 17h00

Jesus Cristo crucificado, escultura do século XX, em marfim de cachalote. A figura está representada agonizante, usando cendal drapeado à cintura, preso por corda e de ponta pendente. Representação realista das chagas. Cruz e peanha também em marfim de cachalote. Placa com inscrição "INRI" em marfim de cachalote, marcada a vermelho. Composição da cena inclui alguns dos instrumentos da Paixão: a "Santa Esponja" e a "Santa Lança", o martelo e o alicate. Faz parte de coleção adquirida pela Região Autónoma dos Açores aos herdeiros do artífice.



 dnbci6 acores santacruzlagoa cartaz
COLEÇÃO VISITÁVEL VITAE: O PROJETO - PALESTRA
AÇORES, Lagoa, Igreja Matriz de Santa Cruz
18 de Outubro, 20h30

Visa apresentar o Projeto da Coleção Visitável Vitae que será implementado nos espaços anexos desta Igreja, com inauguração prevista para 18 de Maio de 2017. Com esta exposição pretende-se apresentar uma peça de cada tipologia do acervo dos núcleos que constituirão a Coleção Visitável - imagens, alfaias litúrgicas, ourivesaria, cerâmica, paramentos - e descodificar, em simultâneo, o significado e valor intrínseco a cada uma. Deste modo, pretende-se educar a comunidade para com o seu património religioso, sensibilizar para a sua proteção e valorização, bem como promover a Fé através da cultura. Para complementar esta atividade, na palestra pretende-se apresentar e divulgar o Projeto da Coleção Visitável à comunidade, explicando que a Coleção Visitável Vitae resulta fundamentalmente da vontade de preservar uma memória coletiva da Paróquia, albergando os bens culturais, instrumento permanente de formação e recurso inesgotável de apreciação cultural, que propõe um novo olhar sobre a arte religiosa, enquanto expressão do culto, e integrada no âmbito litúrgico para o qual foi concebida.


 dnbci16 ponta
delgada
DA RECLUSÃO À DIVULGAÇÃO: O PERCURSO DAS LIVRARIAS E ARQUIVOS CONVENTUAIS - EXPOSIÇÃO
AÇORES, Ponta Delgada, Biblioteca Pública e Arquivo Regional
18 de Outubro a 3 de Janeiro, 2ª a 6ª feira (9h00 - 19h00), Sábado (14h00 - 19h00)




 dnbci16
aveiro igsfrancisco
RE(VER) A ARTE CRISTÃ COM SÃO LUCAS: 'ARQUIVOS RELIGIOSOS DA CIDADE DE AVEIRO - DESCODIFICAR E PESQUISAR GENEALOGIAS' - WORKSHOP DE TRABALHO
AVEIRO, Igreja de São Francisco de Aveiro / Ordem Terceira de Aveiro
18 de Outubro, 17h30

Visita guiada à igreja paroquial e espaço museu.



 dnbci16 aveiro s
RE(VER) A ARTE CRISTÃ COM SÃO LUCAS: MISSA DE SÃO LUCAS
AVEIRO, Sé de Aveiro
18 de Outubro, 19h00




 dnbci16
braga tibaescartaz
ARTE DOS FINGIDOS: TRÊS PALESTRAS E UMA VISITA GUIADA AOS ESPAÇOS ALVO DE ESTUDO
BRAGA, Mosteiro de São Martinho de Tibães
18 de Outubro

A iniciativa pretende sensibilizar o grande público para a expressão artística dos «fingidos», intensamente aplicados, entre 1777 e 1786, no mobiliário litúrgico do Mosteiro de São Martinho de Tibães, nomeadamente na Sala do Capítulo Geral, nos Aposentos do Abade Geral, em capelas da Igreja e até no Grande órgão de tubos, segundo a moda vigente do período Rococó em que muito se imitaram pedras nobres e madeiras exóticas. As obras deste período, neste cenóbio, têm muitos aspectos em comum que se pretende realçar, tais como: 1) a relação entre mármores verdadeiros e os efeitos marmoreados decorrentes da sua transposição pictórica em elementos de madeira de castanheiro. A chamada «Capellinha do Reverendíssimo» servirá de suporte a esta abordagem; 2) a importância de que se revestem os documentos arquivísticos deixados pela Ordem beneditina, para ter uma melhor processão dos diferentes parâmetros - materiais, geográficos, económicos e sociais - então em jogo, na concretização de obras religiosas de grande envergadura que envolviam membros da sociedade civil e uma das mais prestigiada comunidade de monges; 3) o contributo das Ciências na investigação sobre o Património Cultural para revelar as singularidades das criações Setecentistas que foram os «fingidos» do Mosteiro de Tibães. o Estudo da policromia do grande órgão de tubos, escrutinada nas suas mais ínfimas partículas por diversos métodos analíticos, permitiu descobrir realidades insuspeitas que serão divulgadas pela primeira vez.


 dnbci16
carcavelos
APRESENTAÇÃO DE INICIATIVAS DE DIVULGAÇÃO DO PATRIMÓNIO PAROQUIAL
CARCAVELOS, Igreja Paroquial
18 de Outubro (facebook)

Apresentação de secção com coletânea de textos sobre imagens religiosas da paróquia publicados na Folha Informativa electrónica em conjunto com as respectivas fotografias. Lançamento de projecto de levantamento da história da paróquia, igreja e património recorrendo às memórias de alguns paroquianos e outras fontes históricas.


 reverartecrista coimbracartaz lw
RE(VER) A ARTE CRISTÃ: IGREJA DE SANTA CRUZ DE COIMBRA - CONFERÊNCIAS-VISITA
COIMBRA, Igreja de Santa Cruz
18 de Outubro, 18h00

(Re)Ver a Arte Cristã pretende valorizar e fomentar uma das mais fascinantes valências do património da Igreja, ao serviço da missão que lhe está confiada. Descodificando a mensagem intrínseca em cada obra, oferece-se uma abordagem contextualizada, radicada na própria essência da experiência religiosa e inserida num mais amplo programa de comunicação, em particular, através da interpretação iconográfica. Conduzem esta edição as historiadoras Maria de Lurdes Craveiro e Joana Antunes, num percurso pela igreja do antigo mosteiro de Cónegos Regrantes de Santo Agostinho.


 capa 12 lw
INVENIRE: REVISTA DE BENS CULTURAIS DA IGREJA, Nº 12 - APRESENTAÇÃO
COIMBRA, Igreja de Santa Cruz
18 de Outubro, 18h00

Sessão de lançamento do Nº 12 da Invenire: Revista de Bens Culturais da Igreja, com apresentação a cargo de Francisco Pato de Macedo.



 dnbci
fatima museusantuario
FILME SOBRE O MUSEU DO SANTUÁRIO DE FÁTIMA - LANÇAMENTO
FÁTIMA, Santuário de Fátima
18 de Outubro

No contexto da celebração do Centenário das Aparições, a equipa do Museu do Santuário de Fátima apresenta um filme sobre o trabalho desenvolvido no âmbito da atividade museológica do Santuário de Fátima, nomeadamente no que respeita ao estudo das coleções, à preservação do espólio que o Museucustodia e à exposição pública de parte desse espólio.
O Museu do Santuário de Fátima foi criado em 1955 por D. José Alves Correia da Silva com o intuito de preservar os vestígios materiais ligados à memória dos protagonistas de Fátima e, bem assim, relacionados com a construção do Santuário.
Para além das duas exposições permanentes, promove, anualmente, exposições temporárias visitadas por milhares de pessoas de todas as partes do mundo.


 dnbci
aveiro arqreligiosos
RE(VER) A ARTE CRISTÃ COM SÃO LUCAS
FERMENTELOS, Igreja Matriz de Fermentelos
18 de Outubro, 17h30

Publicação online no portal do ADAVR da obra "Domus. Ecclesiae. Aveirense." Arquivos Religiosos da cidade de Aveiro. 'Arquivos religiosos da cidade de Aveiro – descodificar e pesquisar genealogias? – workshop.



 dnbci16
lisboa ameixoeira2
APRESENTAÇÃO DE GUIA HISTÓRICO E ARTÍSTICO - VISITA GUIADA
LISBOA, Igreja Paroquial da Ameixoeira
18 de Outubro, 21h00

Apresentação de um folheto informativo sobre a Igreja Paroquial da Ameixoeira, seguida de uma visita ao templo e a algum património de especial interesse. Será acompanhado de pequenos apontamentos musicais.



 dnbci
lisboa jeronimossjeronimo
S. JERÓNIMO ATRAVÉS DAS SUAS REPRESENTAÇÕES NO MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS - VISITA GUIADA
LISBOA; Mosteiro dos Jerónimos
18 de Outubro, 12h00

Visita precedida de enquadramento histórico.



 dnbci lisboa
jeronimos1
A NATIVIDADE ATRAVÉS DAS SUAS REPRESENTAÇÕES NO MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS - VISITA GUIADA
LISBOA; Mosteiro dos Jerónimos
18 de Outubro, 14h30

Visita precedida de enquadramento histórico.



 dnbci lisboa
jeronimos2
LEITURA ICONOGRÁFICA DAS PLANTAS REPRESENTADAS NA IGREJA DO MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS - VISITA GUIADA
LISBOA; Mosteiro dos Jerónimos
18 de Outubro, 16h00

Visita precedida de enquadramento histórico.



 dnbci16 lisboa
mnaa
SÃO LUCAS RETRATANDO A VIRGEM - VISITA ORIENTADA
LISBOA, Museu Nacional de Arte Antiga
18 de Outubro, 15h00

A partir da obra do pintor Hugo van der Goes vamos olhar outras pinturas e pessoas que representaram ou refletiram sobre a figura da Virgem Maria.



 dnbci16 mnaa
conventos
OBRAS PROVENIENTES DOS CONVENTOS EXTINTOSO
LISBOA, Museu Nacional de Arte Antiga
18 de Outubro, 16h00

A coleção do MNAA começou por se formar a partir de objetos provenientes dos conventos extintos ao longo do século XIX. Nesta visita iremos observar algumas dessas obras estabelecendo relações entre elas, seja através do seu local de origem ou encomenda.



 dnbci lisboa
mcoches
COMEMORAÇÃO DOS 300 ANOS DA EMBAIXADA DE D. JOÃO V AO PAPA CLEMENTE XI 1716-2016 - VISITAS LIVRES
LISBOA, Museu Nacional dos Coches
18 a 23 de Outubro, entre as 10h00 e as 17h30

D. João V, cujo reinado foi um dos mais significativos para a diplomacia portuguesa, fez desta Embaixada o ponto alto de ostentação ao enviar a Roma D. Rodrigo Annes de Sá Almeida e Meneses, 3º Marquês de Fontes, ao Papa Clemente XI a 8 de julho de 1716, para obter algumas prerrogativas para a Igreja Portuguesa. Assim, a 7 de novembro do mesmo ano o Papa emite uma Bula em que atribui o estatuto de Patriarcal à cidade de Lisboa. O Museu Nacional dos Coches inclui no seu acervo, o conjunto dos três coches triunfais que integraram a referida Embaixada - O Coche do Embaixador, o Coche dos Oceanos e o Coche da Coroação de Lisboa. Mandados construir em Roma revelam uma grande qualidade artística nos grupos escultóricos representados cuja mensagem alegórica dá ênfase ao Título de Estado que D. João V possuía por direito, «Senhor da Conquista, Navegação e Comércio da Etiópia, Arábia, Pérsia e Índia». Esta exposição apresenta-se como uma viagem ao passado recordando a importância das Embaixadas e Entradas Solenes nas cortes europeias, de que se destaca a memória inesquecível deste grandioso dia.


 dnbci16
funchal museucacucar
VISITA GUIADA AO MUSEU
MADEIRA, Funchal, Museu a Cidade do Açúcar
18 a 21 de Outubro, 9h30 - 17h30

Falar na valorização, salvaguarda e conhecimento do património da igreja, a nível de arte, é como falar no poder económico verificado na Madeira devido as trocas comerciais, com o seu ponto alto na década de 20 do século XVI. A principal missão deste espaço museológico é dar a conhecer aos visitantes os principais testemunhos históricos da produção e tecnologia açucareira, no período em que esta esteve no seu auge, marcando um dos ciclos económicos mais significativos de toda a história do arquipélago. O museu apresenta no seu espólio, a colecção de escultura, ourivesaria e mobiliário, património que reflecte o poderio económico derivado do ciclo do açúcar denominado como "ouro branco".



 dnbci16 funchal masf misericordia
O ESPÓLIO DA MISERICÓRDIA DO FUNCHAL: DA CAPELA DE S. LUÍS DE TOLOSA À COLEÇÃO DE ARTE PORTUGUESA NO 1ºANDAR - VISITA GUIADA
MADEIRA, Funchal, Museu de Arte Sacra do Funchal
18 de Outubro, 15h00 - 16h00

Percurso de observação e diálogo que articula a capela ao primeiro andar do museu. Abordar-se-ão aspetos que interligam a história da Capela de São Luís de Tolosa (fundação, arquitetura e evocação) e as diferentes tipologias de objetos de arte sacra provenientes da Misericórdia do Funchal (pintura, ourivesaria, escultura, documentos gráficos) expostos, na sua grande maioria, neste local, desde 2008. Visita conduzida por Elisa Vasconcelos e Martinho Mendes.



 dnbci16 funchal masf misericordia
SÃO LUCAS - O EVANGELISTA DA MISERICÓRDIA, POR D. TEODORO DE FARIA, BISPO EMÉRITO DO FUNCHAL - PALESTRA
MADEIRA, Funchal, Museu de Arte Sacra do Funchal (Sala do Encontro de Culturas, 1º andar)
18 de Outubro, 16h00 - 17h00

Evocação do evangelista São Lucas no dia em que é celebrado pelo calendário católico, analisando as suas narrativas em relação ao sentido da Misericórdia.



 dnbci16 mase
VISITAS GUIADAS À IGREJA COLEGIADA DE OURÉM E AO CONSOLATA MUSEU| ARTE SACRA E ETNOLOGIA - FÁTIMA
OURÉM-FÁTIMA, Colegiada de Ourém (Vila Medieval de Ourém) e Consolata Museu
18 de Outubro, 14h00 (saída) - 16h45 (Regresso)

Esta iniciativa procura promover a reflexão e partilha do trabalho desenvolvido no contexto das dioceses portuguesas, mas também debater novas propostas de atuação, avaliar dificuldades e identificar os principais desafios a enfrentar. O tema proposto para o presente ano é «(Re)Ver a Arte Cristã». Instrumento permanente de formação e recurso inesgotável de apreciação cultural, visa um novo olhar sobre a arte cristã, enquanto expressão do culto e radicada na própria essência da experiência religiosa.



 dnbci16 porto bpm
PELE, PAPEL, TINTA E PRELO: OS LIVROS MEDIEVAIS E A TRANSMISSÃO DO SABER - VISITA GUIADA
PORTO, Biblioteca Municipal Almeida Garrett (Galeria Municipal do Porto)
18 de Outubro, 16h00

A Biblioteca Pública Municipal do Porto possui um dos mais importantes acervos nacionais de manuscritos medievais e de edições do período de nascimento da imprensa. Essas obras, provenientes na sua maioria de instituições eclesiásticas, permitem reconstituir importantes etapas da evolução de livro no final da Idade Média e, sobretudo, compreender as práticas de fabrico e uso do livro, desde o século IX ao século XVI. Os códices e cimélios selecionadas para integrar a exposição 100 tesouros da biblioteca Pública do Porto serão aqui visitados também em busca da arte, do culto, da literatura e das ciências que nos transmitiram e preservaram. Visita conduzida por José Meirinhos.



 dnbci16
clerigos christus
PATRIMÓNIO DA IRMANDADE DOS CLÉRIGOS - VISITAS GUIADAS
PORTO, Igreja e Torre dos Clérigos
18 de Outubro, 10h00; 11h00; 15h00; 16h00

O guia da Irmandade dos Clérigos vai percorrer a história desta Irmandade e dos seus vários espaços expositivos com o seu acervo, dará a conhecer a Coleção dos Christus, embarcando numa viagem pelo tempo e pelo espaço, onde a Arte e a Religião se complementam.



 dnbci16 santarm
MUSEU ABERTO E VISITA ACOMPANHADA
SANTARÉM, Museu Diocesano de Santarém
18 de Outubro

Excepcionalmente, o Museu estará aberto no horário normal. Às 15h00 à visita acompanhada, incluindo corredor nobre.


Conheça aqui todas as actividades
dnbci16 dias1

fb 1

© Copyright 2012, Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja. Todos os direitos reservados


Sem comentários:

Enviar um comentário