quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Porque começamos pelas pessoas e acabamos nas pessoas


A época que se avizinha é uma época de Festa. Celebramos o nascimento de um Menino, muito importante para o mundo. Poderemos dizer que, apesar de podermos ter motivos diferentes, todos nos empenhamos em preparar estes feriados. Cuidamos da nossa casa, da família, dos amigos. 

É também nesta época que nos lembramos especialmente dos que estão mais longe e que de algum modo gostaríamos de ter connosco. É também habitual que nos deixemos contagiar pela vontade de chegar a outros, de ser solidários. Diria que é uma época que nos aquece o coração e para mim faz todo o sentido levar este calor à prática. Aproveitar o Espírito Festivo para fazer coisas concretas.

Um dos sinais de entramos no Natal é quando cá em casa começamos a fazer uma lista de pessoas, família e amigos a quem queremos mandar as boas festas. Bem sei que hoje o mail, o FB e o instagram, fazem chegar de forma rápida e barata os nossos votos a muita gente, mas nada disto substitui a sensação de receber na nossa caixa de correio um postal vindo de longe ou de alguém que estimamos.

A nossa lista começa pela família que está longe e com a qual não vamos poder estar pelas festas, depois os amigos e por fim escolhemos alguém que conheçamos e que saibamos que pode ter tido uma ano difícil ou estar mais sozinho nesta época. Daqui saem mais ou menos 30 postais de Natal todos anos!

E na vossa casa? Costumam enviar postais de Natal? Deixo-vos a sugestão de postais lindos de uma instituição que se empenha seriamente em ajudar África: harambeeafricaportugal@gmail.com
Isabel Alexandre








Sem comentários:

Enviar um comentário