segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Igreja/Portugal: Eutanásia é questão «humanitária» que ultrapassa âmbito religioso - cardeal-patriarca


D. Manuel Clemente inaugurou 190.ª Assembleia Plenária da CEP

Fátima, 07 nov 2016 (Ecclesia) - O cardeal-patriarca de Lisboa inaugurou hoje em Fátima a 190.ª Assembleia Plenária da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), afirmando que a eutanásia é uma questão “humanitária” que ultrapassa o âmbito das convicções religiosas.

“Que ninguém reduza esta questão ao campo religioso estrito, quando ela é de facto humanitária e bem geral”, declarou D. Manuel Clemente, presidente da CEP.

O patriarca de Lisboa recordava a publicação da nota pastoral ‘Eutanásia: o que está em jogo? Contributos para um diálogo sereno e humanizador’, de 8 de março de 2016, da CEP, bem como a recente declaração de cinco sucessivos bastonários da Ordem dos Médicos, segundo os quais “em nenhuma circunstância e sob nenhum pretexto, é legítimo a sociedade procurar induzir os médicos a violar o seu Código Deontológico e o seu compromisso com a vida e com os que sofrem”.

Na sua nota, os bispos católicos de Portugal afirmavam que a misericórdia “leva a ajudar a viver até ao fim, não a matar ou a ajudar a morrer”.

D. Manuel Clemente disse ainda, esta tarde, que a Igreja Católica tem sido desafiada a uma “conversão missionária” pelo Papa Francisco, para que “chegue a todos, em especial aos mais carenciados, o Evangelho vivo da solidariedade e da paz”.

A Assembleia Plenária vai aprovar uma carta pastoral sobre o Centenário das Aparições de Nossa Senhora em Fátima (1917-2017), texto que, segundo o presidente da CEP, “relembra o que aconteceu então e a Mensagem que os Pastorinhos transmitiram”.

“Coincidiremos com o sentimento marial profundo do nosso povo, como se manifestou na passagem da Imagem Peregrina por todas as dioceses portuguesas e se elevará ainda com a presença do próprio Sucessor de Pedro [Papa], em maio próximo”, acrescentou.

A Assembleia Plenária da CEP está reunida até quinta-feira, para debater também um documento dedicado à renovação da catequese, bem como a exortação apostólica pós-sinodal do Papa Francisco, ‘A Alegria do Amor,’ com o contributo do arcebispo emérito de Barcelona, cardeal Lluís Sistach.

Da 190ª assembleia plenária da CEP sairão notas pastorais de reconhecimento dedicadas à Congregação da Missão, os Vicentinos, pelos 400 anos de carisma e 300 anos de presença em Portugal, e à Congregação dos Missionários do Espírito Santo, os Espiritanos, que celebram 150 anos presença em Portugal.

OC


in



Sem comentários:

Enviar um comentário