sábado, 9 de junho de 2018

Portugal e as comunidades

Bom dia e um bom sábado a si que nos acompanha diariamente,
A Região Autónoma dos Açores recebe a partir de hoje as comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que continuam junto da comunidade emigrante nos Estados Unidos da América. A ECCLESIA traz até si declarações do bispo de Angra, do sacerdote John Jack Oliveira, da paróquia de Nossa Senhora do Carmo, em New Bedford, ele próprio lusodescendente, e de D. Edgar Moreira da Cunha, verbita brasileiro, bispo da Diocese de Fall River desde 2014.

De sexta-feira chega o documento preparatório do Sínodo especial para a Amazónia (2019). O Vaticano denuncia a exploração levada a cabo por “interesses económicos” que ameaçam a natureza e os direitos dos povos indígenas. Do ponto de vista interno, propõe-se um debate sobre a criação de “novos ministérios” para as comunidades sem padres, tendo em mente a celebração dominical da Eucaristia.
Ainda ontem ficamos a saber do falecimento do arquiteto Luís Vassalo Rosa, de 83 anos, responsável pelo projeto e obra da Catedral de Bragança.
A Diocese de Bragança-Miranda “recebeu com tristeza” a notícia e evoca a ligação do arquiteto à comunidade católica local, em comunicado da Agência ECCLESIA.

Para hoje, estão em agenda reportagens sobre o colóquio promovido pela Diocese do Porto a respeito do bispo missionário D. António Barroso e o Congresso dos enfermeiros e profissionais de saúde católicos, que decorre em Coimbra.
No Vaticano, o Papa recebe a visita do «Comboio das Crianças», com moradores de bairros periféricos de Milão e Roma. Menores católicos, ortodoxos, muçulmanos, budistas e sem religião vão encontrar-se com Francisco e falar da sua vida nos bairros.
Muitos motivos para não perder de vista a página da ECCLESIA. Despeço-me com votos de um dia feliz e boas notícias, sempre.
Octávio Carmo

Sem comentários:

Enviar um comentário