quarta-feira, 9 de maio de 2018

Novos sinais dos tempos – que fazer?


segunda-feira, 7 de maio de 2018

Agenda

Novos sinais dos tempos – que fazer? é o título genérico do ciclo das Conferências de Maio promovidas pelo Centro de Reflexão Cristã (CRC), de Lisboa. Desordem mundial, refugiados, guerra e paz, alterações climáticas, mulheres e minorias são alguns dos ângulos previstos para o ciclo.

Depois do primeiro debate, acerca da nova desordem mundial, refugiados e luta pela paz, que decorreu na semana passada, o próximo realiza-se já nesta próxima quarta-feira, com o tema As alterações climáticas e o cuidar da casa comum. Contará com a intervenção de Manuela Silva, responsável da rede Cuidar da Casa Comum e economista, e de Paula Alves, presidente da Associação Fazedores da Mudança e coordenadora da Campanha de Mobilização Nacional para Portugal a Cuidar da Casa Comum, a acontecer em 2019.

Na próxima semana, dia 16 (os debates são sempre às quartas-feiras), o tema será Como as mulheres e as minorias estão a mudar o mundo? Intervêm Maria Augusta Babo (professora de Ciências de Comunicação na Universidade Nova de Lisboa e vencedora do recente concurso de ideias “Vamos Mudar o Mundo”), Romualda Fernandes (Alto Comissariado Para as Migrações) e Guilherme d’Oliveira Martins (administrador da Fundação Gulbenkian).

Finalmente, o último debate, a 23, será sobre A Igreja em Portugal e a resposta aos novos sinais dos tempos. Nele participam o actual bispo de Santarém, D. José Traquina, a professora universitária de Linguística, Helena Topa Valentim, e o presidente do CRC, José Leitão.

Os debates decorrem sempre a partir das 18h30, no Centro Nacional de Cultura (Largo do Picadeiro, 10, próximo da estação de metro Baixa-Chiado). A entrada é livre.

Sem comentários:

Enviar um comentário