domingo, 29 de abril de 2018

ADeus, Alfie!

Bom dia e um Santo Domingo para si que nos acompanha. Hoje temos muito para lhe contar.
Da Inglaterra chegou a triste notícia do falecimento do pequeno Alfie Evans, que esteve no centro de uma luta judicial entre os seus pais e a Justiça Britânica. Nem os esforços do Papa e da Santa Sé foram suficientes para evitar o fim anunciado, depois de os tribunais terem determinado a retirada do suporte artificial de vida.
Grande eco mereceu outra advertência do Papa, que recordou os “limites” da ciência e sublinhou quem nem tudo é eticamente aceitável, numa audiência aos participantes na quarta edição da conferência «Unite to Cure», com especialistas em medicina regenerativa.
A Prefeitura da Casa Pontifícia (Santa Sé) anunciou este sábado que o Papa vai presidir à Solenidade do Corpo de Deus na paróquia de Santa Mónica, em Ostia, zona afetada pela Mafia, na periferia de Roma. Uma celebração marcada para 3 de junho.
Por cá, o presidente da República Portuguesa anunciou em Torres Vedras a decisão de condecorar como membro honorário da Ordem Infante D. Henrique as ordens franciscanas, pelos 800 anos da sua presença no país.

Em Lisboa, o Patriarcado promoveu as suas III Jornadas de Comunicação, que acompanhamos em permanência. Dos trabalhos, destacamos dois apelos: D. Nuno Brás, bispo auxiliar de Lisboa, que integra Secretaria para a Comunicação da Santa Sé, considera que o abandono da verdade é a preocupação que emerge das ‘Fake News’; o padre Américo Aguiar, diretor do Secretariado Nacional das Comunicações Sociais, defendeu que a verdade deve ser o ADN das instituições católica.

Para hoje, destacamos a festa das famílias da Diocese de Coimbra, no Mercado Municipal de Ferreira do Zêzere; e o encontro nacional do Apostolado Nacional e a celebração é presidida pelo bispo da Diocese de Setúbal, D. José Ornelas.

Despeço-me com votos de boas notícias, sempre
Octávio Carmo

Sem comentários:

Enviar um comentário