segunda-feira, 10 de julho de 2017

O segredo de férias do Papa

Bom dia a si que nos acompanha desse lado, no início de mais uma semana informativa.
Para muitos, o tempo de verão é sinónimo de descanso e de férias. O Papa Francisco, é sabido, não gosta muito de sair do seu ambiente habitual, mas tem no mês de julho uma carga muito menor de compromissos públicos. Este domingo, partilhou com todos o segredo do verdadeiro descanso: confiar-se a Jesus Cristo.
As últimas semanas têm sido marcadas por boas notícias, com sucessivas ordenações presbiterais e diaconais. D. José Cordeiro, bispo de Bragança-Miranda, presidiu este domingo à ordenação presbiteral do diácono Duarte Gonçalves a quem explicou que a diocese é “uma realidade muito desafiante”.

Esta semana vai ficar marcada, naturalmente, pela celebração da terceira peregrinação internacional aniversária do Centenário das Aparições em Fátima. O testemunho dos videntes de Fátima regista que, na aparição de 13 de julho de 1917, Nossa Senhora lhes disse: “Para impedir a guerra virei pedir a consagração da Rússia ao meu Imaculado Coração e a Comunhão reparadora nos Primeiros Sábados”. Não admira, por isso, que cem anos depois a Cova da Iria receba a peregrinação dos bispos da Rússia e países de expressão russa. Para falar desta relação tão particular, o programa ECCLESIA recebe às 15h00, na RTP2, o jornalista e autor José Milhazes.

Na Antena 1 da rádio público, pelas 22h45 vamos apresentar, de segunda a sexta-feira, testemunhos e depoimentos de responsáveis católicos sobre o incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande, para recordar e, sobretudo, saber o que já se está a fazer para a reconstrução.
Desejo-lhe uma boa semana, cheia de boas notícias – como aquela que, há um ano, nos dava conta da vitória no Campeonato da Europa de Futebol.
Octávio Carmo

Sem comentários:

Enviar um comentário