sexta-feira, 23 de junho de 2017

Figura de Maria: reflexão em terceiro dia do congresso ‘Pensar Fátima’

No âmbito do Centenário das Aparições decorre no Centro Pastoral de Paulo VI


(ZENIT – Roma, 23 Jun. 2017).- O Centro Pastoral de Paulo VI acolhe hoje o terceiro e penúltimo dia do congresso Pensar Fátima. No primeiro momento formativo da manhã, Stella Morra, professora da Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, Itália, fez uma comunicação intitulada “Da Mariologia a Fátima”.
A socióloga italiana questionou os presentes acerca da “relação entre jesus e o mundo que o rodeia” e sobre “quem é Jesus”.
“Jesus é o verdadeiro Deus e Homem que tudo criou e que existe desde o princípio”, afirmou dizendo ainda que “Maria modelo é figura da humanidade e Igreja”.
“O que significa isto para nós que vivemos neste tempo?”, interrogou a professora que declarou ser esta a “grande pergunta que nos leva à modernidade, e muitas das cristologias modernas questionam isto”.
Por seu turno, a segunda comunicação da manhã teve a cargo do historiador e professor da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, António Matos Ferreira.
“Os termos Fátima e Roma são problemáticas vastas e ambíguas, porque evocar estes dois termos tem imensas camadas de questões”, alertou, explicando que a designação de Fátima “acaba por significar as aparições de Nossa Senhora aos Pastorinhos em 1917”.
Mas António Matos Ferreira disse que “Fátima é toda uma mudança paulatina de uma realidade canónica do ponto de vista eclesial”, porque a Cova da Iria “sempre desenhou um centro de espiritualidade e devoção”.
“Pensar Fátima é uma expressão da modernidade que a própria «Fátima» construiu”, disse ainda. Esta tarde o programa prossegue com conferências temáticas paralelas em diversas salas do Centro Pastoral de Paulo VI.
O Congresso Internacional Pensar Fátima começou quarta-feira, dia 21 de junho, inserido no âmbito das celebrações do Centenário das Aparições, como resultado de um conjunto de simpósios e conferências que decorreram ao longo dos últimos sete anos na Cova da Iria, prolonga-se até sábado.
Neste congresso são refletidas as várias das dimensões de Fátima, em perspetiva interdisciplinar: Teologia, Sociologia, Psicologia, Cultura, História, Arte.
As intervenções estão divididas em conferências plenárias, conferências temáticas e comunicações autopropostas por investigadores; todas as intervenções matinais do congresso são seguidas de 30 minutos de diálogo com o público.
O Santuário de Fátima e a Faculdade de Teologia, da Universidade Católica Portuguesa, convidaram o presidente do Conselho Pontifício da Cultura da Santa Sé para a conferência final, amanhã, dia 24 de junho. O cardeal italiano Gianfranco Ravasi vai apresentar o tema ‘Fátima como promessa’ no encerramento do congresso internacional ‘Pensar Fátima’, no Centro Pastoral Paulo VI, seguida de um momento de diálogo.
in



Sem comentários:

Enviar um comentário