domingo, 28 de maio de 2017

Papa Francisco condena ‘ataque bárbaro’ a cristãos no Egito

Pelo menos 28 pessoas morreram, incluindo várias crianças, nesta sexta-feira

(ZENIT – Cidade do Vaticano, 26 Maio 2017).- O Papa Francisco fez chegar esta sexta-feira um telegrama ao Presidente da República do Egipto, Abdel Fattah al-Sisi:
“Profundamente entristecido ao saber do ataque bárbaro no centro do Egipto e da trágica perda de vidas e ferimentos causados por este acto de ódio sem sentido, o Papa Francisco expressa sua solidariedade sincera com todos os afectados por este violento ultraje”, lê-se no telegrama assinado pelo secretário de Estado do Vaticano, Pietro Parolin.
E indicou estar “atento, de modo particular, às crianças que perderam a vida”, Assegurou “às famílias enlutadas e todos os que foram feridos das suas orações ardentes, compromete-se a continuar a interceder a favor da paz e da reconciliação em toda a nação”.
Pelo menos 26 cristãos coptas morrerame 25 ficaram feridas hoje no Egito num ataque de homens armados contra dois ônibus e uma caminhonete  que os transportava. O ataque ainda não foi reivindicado, mas coincide com a ofensiva iniciada há alguns meses pelo braço egípcio do grupo extremista Estado Islâmico.
O ataque ocorreu na província de Minya, a sul do Cairo, e o autocarro dirigia-se ao mosteiro de San Samuel. Segundo um funcionário do Ministério da Saúde há um grande número de crianças entre as vítimas.
in



Sem comentários:

Enviar um comentário