segunda-feira, 1 de maio de 2017

Dia do Trabalhador

Olá, um bom dia para si, neste feriado providencial. A segunda-feira, assim, tem mais encanto.
A Igreja Católica celebra hoje o dia de São José Operário, uma festa instituída em 1955, num 1.º de maio, pelo Papa Pio XII, para aproximar a Igreja Católica desta data.
Por cá, a Plataforma ‘Compromisso Social Cristão’, que congrega sete instituições da Igreja Católica em Portugal, quis lançar uma proposta de reflexão para a celebração o 1.º de maio, sublinhando a “dignidade” de quem trabalha ou procura emprego.
Já a Juventude Operária Católica (JOC) realiza dois encontros nacionais, em Aveiro e em Lisboa, sobre a forma como os estágios profissionais afetam a vida da juventude.
No Vaticano, o Papa celebrou este domingo Vaticano os 150 anos da Ação Católica na Itália, com milhares de pessoas, uma festa em que agradeceu aos membros desta instituição pela sua “paixão” e pediu compromisso político aos leigos. Francisco falou de uma escola de santidade que chegou a muitos países. Em Portugal, por certo, esta presença foi e é bem marcante.
Ainda de domingo chega o “apelo urgente” do Papa ao diálogo na Venezuela, convidando Governo e oposição a travar a escalada de violência, que se agravou nos últimos dias. Mas parece que nem a mediação da Santa Sé ajuda a superar as atuais tensões…
Um bom feriado, com boas notícias.
Octávio Carmo

Sem comentários:

Enviar um comentário