quinta-feira, 27 de abril de 2017

Igreja/Portugal: Cinco comissões episcopais com novos presidentes

FOTO: Lusa
Eleições decorreram na Assembleia Plenária da CEP


Fátima, 26 abr 2017 (Ecclesia) – A Assembleia Plenária da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), reunida em Fátima até quinta-feira, elegeu hoje as presidências das suas sete comissões episcopais, com mudanças em cinco das mesmas.

A comissão que acompanha o setor da Educação Cristã e Doutrina da Fé vai passar a ser presidida por D. António Moiteiro, bispo de Aveiro; D. António Francisco dos Santos, bispo do Porto, é o novo presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana.

Para o setor do Laicado e Família foi eleito D. Joaquim Mendes, bispo auxiliar de Lisboa, e para o das Vocações e Ministérios D. António Augusto Azevedo, bispo auxiliar do Porto.

D. João Lavrador, bispo da Diocese de Angra, assume a presidência da comissão da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais para o triénio 2017-2020.

Do anterior triénio transitam, como presidentes, D. José Cordeiro, bispo de Bragança-Miranda, na comissão de Liturgia e Espiritualidade; e D. Manuel Linda, bispo das Forças Armadas e de Segurança, na Comissão Episcopal da Missão e Nova Evangelização.

Os resultados foram comunicados à Agência ECCLESIA pelo secretário da CEP, padre Manuel Barbosa.

A CEP foi formalmente reconhecida a seguir ao Concílio Vaticano II, em 1967, com a ratificação pela Santa Sé dos primeiros Estatutos aprovados na Assembleia Plenária de 16 de maio, revistos posteriormente em 1977, 1984, 1999 e 2005.

Além da Assembleia Plenária, a CEP tem como órgãos (eleitos por 3 anos) o Conselho Permanente as Comissões Episcopais (que em 2011 passaram para 7) e, de carácter executivo, o Secretariado-Geral e os Secretariados Nacionais.
A CEP está representada no Conselho das Conferências dos Bispos da Europa (CCEE), pelo presidente do episcopado católico em Portugal, D. Manuel Clemente, e na Comissão dos Episcopados da Comunidade Europeia (COMECE), pelo arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga.

O organismo que acompanha as relações entre os Bispos e os Institutos de Vida Consagrada tem como presidente D. António Couto, bispo de Lamego.

OC



in



Sem comentários:

Enviar um comentário