quinta-feira, 23 de março de 2017

O Papa aprovou o milagre. Francisco e Jacinta já são Santos

Ecclesia
Os três pastorinhos de Fátima
Os três pastorinhos de Fátima
O Papa Francisco aprovou, nesta quinta-feira, o milagre que permite a canonização dos beatos Francisco e Jacinta Marto, os Pastorinhos de Fátima.

O anúncio foi feito no site oficial da sala de imprensa da Santa Sé e confirma a canonização dos dois Pastorinhos que foram beatificados pelo Papa João Paulo II, em Fátima, a 13 de Maio de 2000.

A canonização estava dependente do reconhecimento deste milagre e permite agora, aos católicos fazerem o culto público a Francisco (1908-1919) e a Jacinta Marto (1910-1920) como Santos.

Os dois irmãos que estão associados às aparições da Virgem Maria na Cova da Iria, em Fátima, entre Maio e Outubro de 1917, tornam-se assim, nos “mais jovens beatos não-mártires da história da Igreja Católica”, conforme avança a Rádio Renascença.

A cerimónia de canonização ainda não tem data marcada, mas é possível que venha a realizar-se em Fátima, durante a visita do Papa Francisco ao Santuário, no âmbito das comemorações do centenário das Aparições da Virgem Maria.

O Vaticano também não divulga qual foi o milagre que o Papa reconheceu. Aos dois Pastorinhos é atribuída a cura de uma mulher paralítica, em Leiria, que já faleceu, e de uma criança brasileira, sem que se conheçam mais detalhes sobre este caso.

A Renascença explica que “os trâmites processuais para o reconhecimento de um milagre” passam por uma consulta médica promovida pela Congregação para as Causas dos Santos, que visa perceber se a cura “é inexplicável à luz da ciência actual”.

De seguida, o caso é avaliado por “consultores teológicos” e por uma sessão conjunta de cardeais e bispos, até finalmente, ser aprovado ou não pelo Papa, conforme nota a Rádio da Igreja.
ZAP // Lusa
 in  ZAP ¿ AEIOU © 2017 Cool Beans!, Lda



Sem comentários:

Enviar um comentário