sábado, 25 de fevereiro de 2017

Igreja/Cultura: Presidente da República associa-se ao Festival Terras Sem Sombra

FTSS
Marcelo Rebelo de Sousa sublinha valorização do «património tradicional, popular e erudito»

Beja, 24 fev 2017 (Ecclesia) - O presidente da República Portuguesa associou-se ao Festival Terras Sem Sombra, promovido pelo Departamento do Património Histórico e Artístico (DPHA) da Diocese de Beja, este ano na sua décima terceira edição.

“Já teria mérito suficiente um festival de música sacra fora das grandes cidades do litoral, um festival que valoriza o património tradicional, popular e erudito, sem esquecer a criação contemporânea e que decorre em igrejas históricas do Alentejo; mas o Terras Sem Sombra é ao mesmo tempo um projeto artístico, patrimonial e local”, assinala o texto de Marcelo Rebelo de Sousa.

A mensagem é divulgada na mais recente edição do semanário diocesano ‘Notícias de Beja’.

O chefe de Estado elogia o “enraizamento local” e a itinerância do concertos de música sacra, numa iniciativa que procura ainda valorizar “os produtos regionais, a gastronomia e a biodiversidade”.

“Depois de o cante alentejano ter sido declarado Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO, é mais fácil, mas tão justo como sempre, darmos atenção a este festival que desde 2003 põe o Alentejo no mapa artístico de Portugal e do mundo”, refere Marcelo Rebelo de Sousa.

OC

in



Sem comentários:

Enviar um comentário