terça-feira, 31 de janeiro de 2017

O dia dos “cónegos”



 
Sai uma taça para Moreira de Cónegos!
E, já agora, consulte-se a “Enciclopédia Católica Popular” para procurar as origens deste nome...
Lemos na Catolicopedia: “Cónegos são clérigos membros de um cabido, constituído principalmente para assegurar um culto mais solene na catedral (cabido catedralício) ou numa igreja importante (colegiada)”. Os primeiros existem em muitas dioceses; os segundos, que pertenciam a uma colegiada, já não. Mas existiram e estão na base de nomes de terras como Moreira de Cónegos, cujas herdades pertenciam ao cabido da colegiada de Guimarães, sediada no antigo mosteiro medieval construído em torno da atual igreja de Nossa Senhora da Oliveira.
Colegiadas e cabidos tiveram ao longo da história momentos de tensão… Outras estórias, não desportivas! Hoje, parabéns a Moreira de Cónegos!
Muitos conceitos da gíria eclesiástica são definidos de forma simples e breve na Catolicopedia. Um trabalho do antigo bispo de Beja D. Manuel Falcão, publicado pelas Paulinas e disponível também nas ferramentas digitais da Agência Ecclesia.
Foram trabalhos como este e muitos mais que levaram o Secretariado Nacional das Comunicações Socais a chamar ao galardão que criou “Prémio de Jornalismo Dom Manuel Falcão”.
No jornalismo deste domingo, na Agência Ecclesia, destaque-se o encontro do Papa com os peregrinos, no Vaticano, onde afirmou que as comunidades católicas devem ser locais onde se privilegie a “partilha” sobre o “ter”, e se referiu à Jornada Mundial de Luta Contra a Lepra.

Esta segunda-feira, o programa Ecclesia, às 15h00 na RTP2, faz uma análise ao momento social e político da atualidade com o filósofo Américo Pereira; na Antena 1, às 22h45, inicia-se um ciclo de programas sobre a preparação do sínodo dos bispos sobre a juventude, que está em curso!
Boa semana! Com muitas notícias!

 

Sem comentários:

Enviar um comentário