sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Instância de turismo rural?

 

É um local emblemático… Quando visualizamos este castelo pensamos nos quartos gigantescos e na fogueira que aquece os visitantes. Tudo pode acontecer, mas a foto não tem essa intenção. A 31 de outubro de 1517, Martinho Lutero fixou, na porta da igreja do castelo de Wittenberg, as 95 teses. Um ato arrojado que fragmentou o cristianismo…
Para saber mais soube este assunto, o Semanário ECCLESIA apresenta nesta edição semana uma entrevista ao presidente da Comissão da Liberdade Religiosa, José Vera Jardim, o qual rejeita qualquer “agenda laicista” e sublinha que não pretende uma revogação da Concordata entre a Santa Sé e a República Portuguesa.
Em destaque estão, depois, textos e testemunhos sobre a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, que no hemisfério norte se celebra de 18 a 25 de janeiro, evocando em 2017 os 500 anos da reforma protestante, iniciada por Martinho Lutero.
As principais divisões entre as Igrejas cristãs ocorreram no século V, depois dos Concílios de Éfeso e de Calcedónia (Igreja copta, do Egito, entre outras); no século XI com a cisão entre o Ocidente e o Oriente (Igrejas Ortodoxas); no século XVI, com a Reforma Protestante e, posteriormente, a separação da Igreja de Inglaterra (Anglicana).
Em plena Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos é conveniente saber a história para compreender a separação.
Bom resto de dia… Volto um dia destes.
Luis Filipe Santos

 

Sem comentários:

Enviar um comentário