sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Vaticano: Presépio na Praça de São Pedro quer inspirar «acolhimento» para migrantes


Francisco recebeu delegações que ofereceram representação do nascimento de Jesus e árvore de Natal

Cidade do Vaticano, 09 dez 2016 (Ecclesia) – O Papa disse hoje no Vaticano que os presépios que assinalam a celebração do Natal, em espaços públicos e privados, devem inspirar sentimentos de “acolhimento e solidariedade” com os migrantes e refugiados.

Francisco falava às delegações oficiais do Governo de Malta e da região italiana do Trentino, para a apresentação do presépio e da árvore de Natal, respetivamente, que foram este ano oferecidas pelo Vaticano por estes responsáveis.

“Todos os que visitarem este presépio serão convidados a redescobrir o seu valor simbólico, que é uma mensagem de fraternidade, de partilha, de acolhimento e de solidariedade”, disse o Papa.

O presépio que este ano foi colocado na Praça de São Pedro é obra do artista Manwel Grech, da ilha maltesa de Gozo, e reproduz a ambiência do arquipélago do Mediterrâneo, além da tradicional Cruz de Malta e os ‘luzzu’, embarcações locais.

Este último elemento, sublinhou Francisco, recorda a “triste e trágica realidade dos migrantes” que procuram chegar à Europa através do Mediterrâneo.

“Na dolorosa experiência destes irmãos e irmãs devemos rever a do Menino Jesus, que no momento do seu nascimento não teve onde ficar e veio ao mundo na gruta de Belém; depois, foi levado para o Egito, para fugir à ameaça de Herodes”, observou.

O pontífice argentino desejou que também os presépios montados nas igrejas, nas casas e em muitos locais públicos sejam um convite a “dar lugar a Deus” na vida pessoal e na sociedade, Deus que se esconde “no rosto de tantas pessoas que estão em situações de necessidade, de pobreza e tribulação”.

Quanto à árvore de Natal, vai ser decorada, tal como em 2015, por bolas coloridas que representam os sonhos de crianças com cancro, numa iniciativa da Fundação ‘Lene Thun’, que promove um programa de terapia recreativa com cerâmica, que envolve também os pais dos menores.

Francisco deixou uma saudação às crianças que participaram hoje no Vaticano, sublinhando que as bolas coloridas simbolizam os “valores da vida, do amor e da paz que o Natal de Cristo vem trazer”.

“O presépio e a árvore formam uma mensagem de esperança e de amor, ajudando a criar um clima natalício favorável para viver com fé o mistério do nascimento do Redentor”, concluiu.

A Árvore de Natal que vai decorar a Praça de São Pedro nas próximas semanas chegou ao Vaticano no final de novembro, vinda das florestas de Lagorai, na região italiana do Trentino.

O abeto vermelho de 25 metros foi cortado a 13 de novembro, dia em que crianças da escola primária local plantaram 40 novas árvores numa zona próxima do sítio em que a floresta foi atingida por um parasita.

A Rádio Vaticano adianta que, à imagem de anos anteriores, a madeira da Árvore de Natal da Praça de São Pedro vai ser posteriormente utilizada para “fins de beneficência”, como a criação de brinquedos.

A inauguração da árvore está marcada para hoje, às 16h30 locais (menos uma em Lisboa), juntamente com o presépio.

A iluminação conta com 18 mil lâmpadas led, das quais 1400 cintilantes, num consumo de apenas 1,7 KW.

OC

in



Sem comentários:

Enviar um comentário