quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

ACEGE: Portugal precisa «urgentemente» de reformar o Estado Social - defende Manuel Braga da Cruz

Funchal, 13 dez 2016 (Ecclesia) – O antigo reitor da Universidade Católica Portuguesa (UCP) considera que Portugal precisa “urgentemente” de reformar o “Estado Social” e de concretizar uma “maior abertura a iniciativas da sociedade”.

Num almoço/conferência, promovido pelo núcleo da Madeira da ACEGE - Associação Cristã de Empresários e Gestores –, Manuel Braga da Cruz fez “um retrato social e político que pretende chamar a atenção através de uns flashes da atual situação portuguesa política e social para, através desta reflexão podermos pensar o futuro em termos melhores”, disse ao site da Diocese do Funchal.

Na iniciativa, esta segunda-feira, que contou com a participação do bispo do Funchal, D. António Carrilho, o antigo reitor da UCP fez referência às prioridades, e no que diz respeito à “reforma do Estado social”, defende “uma muito maior abertura a iniciativas da sociedade”.

Quanto à “globalização” e ao estado de alerta permanente do Papa Francisco para os perigos de uma “economia” que “mata”, o académico e sociólogo considera que “o mundo está incerto, está instável e deixou de ter aquela configuração tão estável que tinha há uns tempos atrás, donde os imprevistos, as surpresas, como esta dos refugiados, que estão a acontecer com muita frequência”, referiu ao site da Diocese do Funchal

LFS

in



Sem comentários:

Enviar um comentário