domingo, 27 de novembro de 2016

Igreja/Cultura: Publicação da «História da Diocese de Viseu» premiada pela Academia Portuguesa de História

«Clavis Bibliothecarum» recebeu uma menção honrosa

Lisboa, 24 nov  2016 (Ecclesia) - A Academia Portuguesa de História atribuiu o ‘Prémio Lusitania’ à obra ‘História da Diocese de Viseu’, coordenada por José Pedro Paiva e editada pela Diocese de Viseu e pela Imprensa da Universidade de Coimbra.

A edição 2016 dos prémios da Academia Portuguesa de História atribuiu também uma menção honrosa à obra ‘Clavis Bibliothecarum: Catálogos e Inventários de livrarias de instituições religiosas em Portugal até 1834’, de Luana Giurgevich e Henrique Leitão, editada pelo Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja.

A publicação da História da Diocese de Viseu surgiu na sequência de um Sínodo que mobilizou a Igreja Católica na região e que encerrou em julho de 2016, quando se assinalaram também os 500 anos da dedicação da Sé.

Para o diretor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, coordenador da obra, a publicação da ‘História da Diocese de Viseu’, em três volumes, “conta com se foi construindo” a Igreja Católica em Viseu.

“Como se formou e desenvolveu, os recursos materiais e humanos de que beneficiou” e “a forma como configurou o espaço físico e o universo imaterial das consciências individuais e coletivas”, referiu José Pedro Paiva.

A História da Diocese de Viseu’ vai ser apresentada este domingo, dia 27 de novembro, no auditório paroquial de Santa Comba Dão a partir das 15h00.

A entrega dos prémios da Academia Portuguesa de História vai decorrer no dia 7 de dezembro, em sessão da Academia.

O ‘Prémio Lusitania – História’ foi instituído no corrente ano pela Academia Portuguesa de História, com o patrocínio da Lusitania Companhia de Seguros, S.A, a “a fim de galardoar uma obra de reconhecido mérito, no âmbito de qualquer época da História de Portugal”, indica o regulamento.

PR

in



Sem comentários:

Enviar um comentário