quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Brasil: Papa Francisco lamenta «tragédia» com comitiva da Chapecoense


Acidente aéreo na Colômbia fez 71 mortos

Cidade do Vaticano, 30 nov 2016 (Ecclesia) – O Papa recordou hoje no Vaticano a tragédia aérea que esta terça-feira vitimou mais de 70 pessoas, na queda de um avião na Colômbia, no qual seguia a equipa brasileira da Chapecoense.

"Também eu quero lembrar hoje a dor do povo brasileiro pela tragédia da equipa de futebol [a Chapecoense] e rezar pelos jogadores falecidos, pelas suas famílias", disse, no final da audiência pública semanal.

Francisco realçou que estas situações representam "tragédias duras" e pediu orações pelas vítimas, ao saudar os peregrinos de língua portuguesa, um dos quais levantou uma camisola da Associação Chapecoense de Futebol.

"Na Itália, sabemos bem o que isso significa, pois lembramos o acidente aéreo de Superga, em 1949", acrescentou o Papa, recordando o acidente que vitimou a equipa do Torino.

Já esta terça-feira, Francisco tinha enviado uma mensagem ao bispo da diocese colombiana de Sonsón Rionegro, D. Fidel Marín, em cujo território se deu o acidente que matou profissionais de futebol, elementos da tripulação e jornalistas.

"O Santo Padre, profundamente entristecido ao saber da dolorosa notícia do grave acidente aéreo que provocou numerosas vítimas, eleva orações para o eterno descanso dos falecidos", refere o telegrama, divulgado pela Conferência Episcopal da Colômbia.

O documento enviado pela Secretaria de Estado do Vaticano pede ao bispo que "transmita o sentimento de pêsames de sua santidade aos familiares e a todos os que choram por tão sensível perda, junto com expressões de afeto, solidariedade e consolo a todos os afetados pelo trágico acidente".

O avião transportava a delegação do clube brasileiro, para a disputa da final da Taça Sul-Americana.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou uma carta ao bispo de Chapecó, D. Odelir José Magri, para manifestar o pesar da Igreja Católica pela tragédia a todas as famílias e comunidades desta diocese.

“Nestes momentos de tristeza e dor, renovamos, juntos, a nossa fé como sinal de consolação e de esperança no Senhor ressuscitado”, referem os bispos católicos.

A Regional Sul 4 (Santa Catarina) da CNBB também divulgou uma nota de solidariedade à família da Associação Chapecoense de Futebol, na qual “lamenta o que ocorreu e manifesta solidariedade, em especial para com os familiares e amigos mais próximos das vítimas”.

As autoridades colombianas informaram que o avião se despenhou quando se dirigia para o aeroporto de Medellín; o último balanço oficial aponta para 71 mortos e seis sobreviventes.

OC

in



Sem comentários:

Enviar um comentário