quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Vaticano: Academia Pontifícia das Ciências promove debate sobre pobreza e inclusão social

Buscar soluções nesta área é não só um «teste» à humanidade mas também à «seriedade dos políticos e dirigentes»

Cidade do Vaticano, 26 out 2016 (Ecclesia) – Como promover a inclusão social dos marginalizados e desfavorecidos, é a questão que vai estar em cima da mesa este sábado e domingo no Vaticano, durante um workshop da Academia Pontifícia das Ciências.

De acordo com o serviço informativo da Santa Sé, o evento vai reunir nos Jardins Vaticanos representantes “das mais afamadas universidades mundiais” para debater temas como “as políticas públicas contra a pobreza”, o estado da “democracia e da cidadania” e também medidas de “economia sustentável e solidariedade”.

Para a Academia Pontifícia das Ciências, é preciso destacar a importância da “inclusão social” no atual contexto em que são evidentes tantos casos “dramáticos” e tantas pessoas em situação “de indigência” no mundo.

A busca de soluções é não só um “teste” à humanidade mas também à “seriedade dos políticos e dirigentes”, frisa aquele organismo do Vaticano.

“Hoje, sobretudo, o termo inclusão significa recordar que nas últimas décadas registou-se um forte aumento do número de pessoas que foram deixadas de lado da esfera produtiva. São, como diz o Papa Francisco, pessoas descartadas pelo sistema”, acrescenta a Academia.

O tema da pobreza e da necessária inclusão social dos mais pobres tem sido essencial no pontificado do Papa argentino, que defende a necessidade de congregar “toda a sociedade, de cima para baixo, da periferia ao centro, dos líderes às comunidades, até aos mais altos níveis de decisão”, para a resolução deste flagelo.
JCP
 

in



Sem comentários:

Enviar um comentário